Blog
“The New Pope” | John Malkovich está de encontro marcado com o Vaticano

O Vaticano abre portas a um novo papa com a chegada de novos episódios de "The New Pope".

A sequela daquela que se tornou a grande obra prima do cineasta italiano Paolo Sorrentino, promete grandes surpresas e um poderoso conflito entre Pio XIII e João Paulo III. Depois de um curto pontificado repleto de controvérsia, desafios e ideologias conflituosas, Lenny Belardo vê-se num coma profundo que dá origem à eleição de um papa substituto.

Sir John Brannox é o favorito, e rapidamente se vê eleito ao cargo mais alto da Igreja Católica. Pouco carismático e altamente influenciável, Brannox torna-se João Paulo III e apronta-se a seguir as ideias de Bauer, o embaixador americano da Santa Sé. No entanto, aquela que parecia ser a situação perfeita para o sucesso dos planos de Bauer, rapidamente se torna num pesadelo quando Belardo acorda e o mundo religioso se vê em mãos com dois papas bem distintos.

John Brannox, o novo papa, é interpretado nesta nova temporada por John Malkovich, o ator que foi nomeado a dois prémios da Academia de Cinema pelas suas interpretações em Um Lugar no Coração e Na Linha de Fogo.

Nascido em 1953 em Illinois, nos EUA, o ator premiado é maioritariamente conhecido pelo público por integrar o elenco de Às Cegas, Horizonte Profundo - Desastre no Golfo, e Red; e mais recentemente “Space Force”.

O Papa João Paulo III entra em ação às quintas-feiras, pelas 22h55.

O elenco desta nova série conta com Jude Law (Monstros Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore), John Malkovich (Extremamente Perverso, Escandalosamente Cruel e Vil), Silvio Orlando (Um Castelo em Itália), Cécile de France (Ilusões Perdidas), Javier Cámara (Onda de Crimes), Ludivine Sagnier (Lupin), Maurizio Lombardi (Pinóquio), Marcello Romolo (Fortuna), Mark Ivanir (The Morning Show), Henry Goodman (Era Uma Vez em Watership Down), Massimo Ghini (Cá Por Casa Tudo Bem) e Ulrich Thomsen (O Efeito Marco).

Mais no AMC Talk: “La Fortuna” leva os espectadores numa caça ao tesouro