Descobrimos porque é que Hollywood se divorciou de Meg Ryan

O seu namoro com o público começou na décade de 80 e o casamento foi nos 90. Meg Ryan foi um dos rostos mais conhecidos e solicitados do cinema americano. A menina loira, de olhar doce e sorriso ingénuo tornou-se adulta aos olhos do público, mas nem tudo correu como era esperado…

Os sucedidos após a gravação do filme Prova de Vida (Proof of Life)  levou Hollywood, e os espectadores, a divorciarem-se da rapariga da porta do lado. Queres saber porquê? Nós contamos-te tudo!

#1.- TUDO DEPENDIA DO SEU ESTADO DE ESPÍRITO

Meg Ryan uma estrela em ascensão e (claro) com os seus caprichos ou… estados de espírito?! Os pedidos especiais, a recusa e escolha de papéis, muitas vezes não muito acertadas. Mas calma Meg, o título de rainha dos estados de espírito contínua a ser detido por Julia Roberts!

meg-ryan-oh-no-face

#2.- PERDEU CERTAS REGRAS

Não sabemos se também perdeu as regras à mesa, mas algumas sociais sim e o público não gostou! O seu comportamento com o então marido, Dennis Quaid, não estava nos parâmetros do aceitável socialmente. Sorry Meg…

meg-ryan

#3.- DEIXOU-SE LEVAR PELA TENTAÇÃO

Russell Crowe e o seu charme aussie, tentaram a pequena americana e ela deixou-se levar. Depois chegou o divórcio a duplicar, sem marido e sem fãs. Pobre Meg Ryan.

meg-ryan-hugh-jackman

#4.- TEMPERAMENTO MELODRAMÁTICO

As críticas ao rubro e a solicitação para papéis a decrescer brutalmente, conduziu tudo a um temperamento melodramático. A vítima da imprensa despediu-se da sua imagem de ‘querida’ dos espectadores e mostrou-se uma rebelde desinteressada pela opinião púlica.

Lot-Uglymeg-ryan

#5.- NÃO SABE O QUE É O AMOR

Tarde demais para definições Ryan. O amor que a imprensa e o público tinham pela menina da américa desapareceu assim que ela decidiu trocar Quaid por Crowe

meg-ryan-love

#6.- PODE SER BASTANTE AGRESSIVA

Um rosto bonito e amigável, um sorriso fresco e um olhar doce, assim era a imagem que tinhamos de Meg Ryan. Após a punhalada a Dennis Quaid, soubemos que pode passar do 8 para o 80 em menos de nada!

meg-ryan-angry-

#7.- NÃO SE DECIDE

As indecisões também matam um casamento, certo Ryan? Um bouquet de flores ou de lápis afiados? Um americano ou um australiano? Amor ou ódio? sempre na corda bamba…

meg-ryan-love-daisies

meg-ryan-bouquets

Meg Ryan é o exemplo vivo do quão romântico é o público. Uma facada no casamento destruiu o casal perfeito aos olhos dos americanos, deixou de ser a rapariga bonita da porta ao lado, para a rompe corações.

Mas nós continuamos a gostar de vê-la no pequeno ecrã!

Vê também:

- 9 formas de Julia Roberts evitar conversas ‘Full Frontal’

- Porque é que um mundo não chega para uma mulher Bond!

- 10 Razões por que não queres partilhar casa com Leonardo DiCaprio

PARTILHAR esta página: