Comemora o Dia do Orgulho Zombie!

AMC_PT_836X466_ftwd-orgullozombie-1

Como bom aficionado que és do universo zombie, de certeza que esta é uma das datas que tens assinaladas no teu calendário (ou no teu telemóvel, para ser mais exato). Para os mais distraídos, o Dia do Orgulho Zombie celebra-se a 4 de fevereiro.

E porquê nesta data em questão? Nós explicamos: foi a 4 de fevereiro de 1940 que nasceu George A. Romero, o pai do universo Zombie.

Quando lançou A Noite dos Mortos Vivos, em 1968, Romero estava longe de imaginar que este filme de zombies com um universo tão apertado ia criar um novo género e inspirar tantos realizadores.

“Tudo o que fiz foi tirá-los (os zombies, claro) do ‘exotica’ e torná-los vizinhos. Pensei que não há nada mais assustador do que os vizinhos”, explicou o autor em entrevista.

Desde então, foram vários os filmes e séries que foram buscar inspiração à sua obra. Sendo Shaun of the Living Dead, Z Nation, Zombieland, The Walking Dead, Fear The Walking Dead alguns dos exemplos mais falados.

Apesar do impacto dos filmes e das séries, também os videojogos tiveram um papel determinante na transformação dos zombies num fenómeno da cultura pop.

As regras são simples e mantêm-se as mesmas desde o início:

1)      Tens de destruir-lhes o cérebro ou arrancar-lhes a cabeça, para que consigas matá-los.

2)     Caso sejas mordido por um, vais acabar por transformar-te num… e consequentemente passar a salivar por carne humana, como quem saliva por um belo bitoque com ovo a cavalo.

Podes sempre tentar proteger-te, munir-te de uma arma e muitas balas e… correr como se a tua vida dependesse disso (porque depende, acredita em nós).

Por isso, neste dia 4 de fevereiro pedimos-te que deixes vir ao de cima todo o Orgulho Zombie que há em ti. Manifesta a tua garra zombie, caracteriza-te a rigor, faz a tua melhor interpretação (com tantas horas de filmes e séries, temos a certeza que consegues) e junta-te ao movimento.

Já conheces o nosso hino?

Muito obrigado, George A. Romero! Sem ti, nada disto seria possível.

 

#ZombiePride

PARTILHAR esta página: