CINEMA STUNT: ALFRED HITCHCOCK

Em Junho, o AMC rende homenagem a uma das figuras mais relevantes na história do cinema: Alfred Hitchcock. O mestre de suspense toma as rédeas das noites de quinta-feira do AMC com quatro longas-metragens que ajudaram o produtor e realizador a converter-se na lenda que é hoje em dia.

Ao longo da sua prolífica carreira, Hitchcock aperfeiçoou a arte do engano. Nos seus filmes, joga na perfeição com a atenção do espectador a quem conduz, cena após cena, argumento após argumento, a um desenlace com resultado perturbador.



Na quinta-feira dia 4 de Junho, o AMC estreia “Psico”, uma longa-metragem de 1960 e um marco dentro do género de suspense. Protagonizado por Anthony Perkins (“O Processo”, “Abismo Negro”) e Janet Leigh (“A Sede do Mal”, “The Manchurian Candidate”), este filme apresenta-nos Marion, uma secretária em fuga devido a um passado tormentoso, que se refugia num pequeno hotel gerido por Norman Bates, um jovem tímido.

Em “Os Pássaros”, Tippi Hedren (“Marnie”, “Alfred Hitchcock apresenta…”) é Melanie, uma mulher rica e atraente que, despois de conhecer o advogado Mitch Brenner (Rod Taylor, “Sacanas Sem Lei”) viaja até Bodega Bay. Quando chega lá, as aves começam a ter um comportamento estranho, atacando as pessoas de forma violenta e lançando o pânico total na pequena localidade.

Os passaros 866

Quinta-feira dia 18, Tippi Hedren volta a colocar-se às ordens do mestre em “Marnie”. Esta longa-metragem, a estrear no AMC, centra-se numa mulher cleptomaníaca com problemas psicológicos. A única saída que ela tem de tantos problemas, é casar-se com o seu chefe Mark, interpretado por Sean Connery, (“Agente Secreto 007”, “Caça ao Outubro Vermelho”).

Marnie 866

E para encerrar esta homenagem a Alfred Hitchcock, o AMC estreia, na quinta-feira dia 25 de Junho, “Cortina Rasgada”. Paul Newman (“Dois Homens e Um Destino”, “A Golpada”) e Julie Andrews (“Música no Coração”, “Mary Poppins”) protagonizam esta história que se desenrola durante a Guerra Fria e gira em torno de uma das constantes do cinema deste realizador: um homem honesto e vulgar atrapalhado por circunstâncias excepcionais.

Cortina rasgada 866

PARTILHAR esta página: