A importância cultural do futuro de The Terror

The Terror 10 - Imagem Corpo

A aclamada série da AMC estará de regresso em breve, a nova temporada de “The Terror 2” promete marcar a televisão com uma história com um grande impacto cultural.

A segunda temporada vai explorar um período negro da história da humanidade, para tal irá utilizar um estilo de terror diferente. Tornando a série numa antologia, a nova história abandona as planícies geladas do ártico, passando para a costa oeste dos Estados Unidos da América. A nova aventura vai decorrer durante a Segunda Guerra Mundial num campo de internamento de japoneses no sul da Califórnia, quando uma aparição ameaça a estabilidade da comunidade.

Focando-se no racismo e xenofobia, um assunto de grande importância nos dias de hoje e que não perderá a sua relevância tão cedo. A temporada de dez episódios irá, com certeza, desenvolver paralelismos com os crimes de ódio vividos nos Estados Unidos, com a separação de famílias na fronteira com o México, e realçar a importância da aceitação de refugiados pelo mundo.

“Estou muito honrado de ter a oportunidade de contar esta história extraordinária” afirmou Alexander Woo, produtor da série, num comunicado. “Nós esperamos conseguir transmitir o horror desta experiencia histórica de uma forma que seja actual e relevante para os acontecimentos recentes. O facto de ser possível realizar esta tarefa com um elenco maioritariamente asiático é entusiasmante” garantiu o produtor.

Até agora o elenco conta com Derek Mio, George Takei, Kiki Sukezane, Miki Ishikawa, Shingo Usami e Naoko Mori. Prometemos que assim que tivermos mais novidades informaremos todos os fãs de The Terror, por enquanto resta-nos aguardar pacientemente por novos desenvolvimentos.

LÊ MAIS NO BLOG: “A VERDADE SOBRE O CASO HARRY QUEBERT” E A HESITAÇÃO DE PATRICK DEMPSEY

Harry Quebert S1 - maratona Theia

PARTILHAR esta página: